A sensação que se tem do kosovo, à saida do aeroporto, é exactamente aquela que todos imaginamos e idealizamos. É um territorio pobre, muito pobre e extremamente desorganizado. A protecção ambiental é capaz de ser a ultima preocupação dos dirigentes locais, as lixeiras a céu aberto são uma situação comum um pouco por todo o Kosovo, deliciando os milhares de corvos que fazem delas a sua alimentação diária.

Nesta altura do ano, é natural encontrar por todo o Kosovo milhares e milhares de corvos agrupando-se ao cair da noite nas poucas arvores

que por aqui existem. Os corvos estão na base do nome atribuido ao território( corvo em servio traduz-se em KOS). A sua existência no
kosovo justifica-se pelas sucessivas guerras travadas desde muito cedo, existindo relatos de muitos corpos abandonados.

Em todo o território, é usual verem-se imensas casas inacabadas, em tijolo ou mesmo prédios construidos e pintados até meio, e os restantes andares inacabados. Pensava eu que ao fim destes anos todos estavam finalmente a reconstruir as casas destruidas pela guerra ou mesmo investindo em novos edifícios para habitação, comercio, etc…estava enganado, a grande totalidade destas casas, estão propositadamente neste estado porque, no Kosovo paga-se um imposto sobre o imóvel acabado.

O crime organizado é bastante generalizado, segundo os observados internacionais que seguem com atenção a evolução do Kosovo. Pelo território passa toda a espécie de tráfego ilicito, desde drogas, prostituição, contra facções de todo o tipo e um grande comercio de carros roubados em toda a Europa. É natural vermos nas ruas mercedes, bmw´s, entre outros.

O bem estar das população é bastante precário, não se estranha o lixo espalhado na rua, a emissão de grandes colunas de fumo, o cheiro nausebundo emitido pelas duas gigantescas centrais a carvão de produção de energia eléctrica, extremamente poluidoras, construidas perto de Pristina/Pristine, a única forma de produção desta energia no Kosovo. O dia de ontem passei-o numa aldeia perto de uma destas centrais, o fumo produzido era de tal forma intenso que entra pelas narinas de uma forma quase sufocante.

Claro está e convem acrescentar que segundo algumas estatísticas o desemprego atinge os 50%, a falta de agua ao domicilio em muitos casos, noutros a inexistência de energia eléctrica, constituem, entre outros, uma lista de problemas de resolução aparentemente difícil.

Technorati Tags: , ,

Powered by ScribeFire.

stormohacker.ruпроверка ссылки на вирускак взломать вай фай без программкредитка дельта банка онлайн заказатьденьги в долг в барнаулетанзани¤ туроператортурагенство килиманджаро новосибирсккак оформить кредитную карточку в дельта банке